Controlar ou redimir o Diabetes com low carb

O post ficou grande, mas recomendo fortemente que você leia até o final!!

Se você é, ou conhece alguém que é portador de diabetes, divulgue esse artigo e ajude mais pessoas a se conscientizarem!!

Uma alimentação baixa em carboidratos é muito eficaz para reverter o diabetes tipo 2. Isso foi demonstrado em uma série de estudos modernos de alta qualidade.

O principal problema no diabetes são os níveis muito elevados de açúcar no sangue - e o açúcar no sangue provém dos carboidratos que comemos.

Então, se você comer menos carboidratos, é até lógico que se torne mais fácil para o corpo controlar seus níveis de açúcar no sangue.

Muitas pessoas tentaram dietas com baixo teor de carboidratos e reverteram seu diabetes tipo 2 (ou controlaram sua diabetes tipo 1 ). E muitos médicos têm experiência no tratamento de seus pacientes com resultados incrivelmente bons!

No passado, antes da nossa dieta ocidental moderna, o diabetes era extremamente raro . A doença agora está se tornando cada vez mais comum.

Em todo o mundo, mais e mais pessoas estão se tornando diabéticas:

O problema para os diabéticos é que o corpo tem dificuldade em manter os níveis de açúcar no sangue baixos. O sangue torna-se muito doce. Então, de onde vem o açúcar no sangue?

O açúcar no sangue vem dos alimentos que comemos. Os alimentos que se transformam em diferentes tipos de açúcar assim que atingem o estômago são chamados de carboidratos, na forma de açúcar (como no refrigerante, suco de frutas, doces) e de amido (como em pão, macarrão, arroz e batatas).

Amido, por exemplo, pão, é transformado em glicose no estômago. Quando a glicose entra no fluxo sanguíneo é chamado de açúcar no sangue.

Quanto mais carboidratos comemos em uma refeição, mais açúcar é absorvido na corrente sanguínea. Quanto mais açúcar absorvido na corrente sanguínea, maior o nível de açúcar no sangue.

O conselho dietético nas últimas décadas pareceu semelhante em todo o mundo ocidental: enquanto mais e mais pessoas tornaram-se diabéticas e, enquanto as pessoas afetadas se tornaram mais doentes e mais doentes, eles foram aconselhados a comer os próprios alimentos que aumentam o nível de açúcar no sangue, como pão, arroz, macarrão, etc.

Esse conselho é ilógico. Nos últimos anos, indicações de dieta com carboidratos mostraram aumentar o risco de diabetes e piorar os níveis de açúcar no sangue a longo prazo em pessoas que já são diabéticas.

A única razão para continuar a dar este mau conselho é o medo persistente da gordura natural. Se você está tentando evitar gordura, você precisa comer mais carboidratos para ficar saciado.

Porém, como já vimos aqui, nos últimos anos a velha teoria sobre gordura ser perigosa foi derrubada!!

Os produtos com baixo teor de gordura são simplesmente desnecessários. Portanto, esse motivo também não spode ser usado para um conselho errado de alimentação...

Existe uma alternativa que produza uma melhor saúde para os diabéticos? Alimentos que não aumentem o nível de açúcar no sangue?

O que acontece se você remover os alimentos que aumentam o açúcar no sangue? O que restaria, então?

Por exemplo, isto:

Mais e mais diabéticos no mundo estão escolhendo comer alimentos que não aumentam o nível de açúcar no sangue: alimentos com menos carboidratos e maior proporção de gordura, alimentos LCHF (Low Carb Hight fat).

Essas pessoas geralmente percebem que, com a primeira refeição, o açúcar no sangue melhora. A necessidade de medicamentos, porém, especialmente a insulina, é drasticamente reduzida. A perda de peso substancial geralmente segue. Finalmente, eles se sentem muito melhores, mais alertas e melhoram muitos sua saúde.

Mais e mais médicos passaram a aconselhar de forma semelhante seus pacientes, com ótimos resultados.

Mais e mais pessoas questionam os antigos conselhos ricos em carboidratos que geram açúcar, mesmo na mídia.

Desde o outono de 2011, o Conselho Nacional Sueco de Saúde e Bem-Estar recomendou uma dieta com baixo teor de carboidratos com diabetes.

Há uma grande mudança no ar hoje e você precisa saber!!

Velha sabedoria

Você acha que uma dieta com baixo teor de carboidratos para diabéticos é uma invenção nova?? Não é!! Há uma longa lista de experiências positivas disso!!

No passado, antes de ter medo de gordura e antes que houvesse drogas modernas para baixar o açúcar no sangue, o conselho dietético era diferente do atual.

Naquela época, a dieta era tudo o que estava disponível para ajudar os diabéticos.

Abaixo estão as fotos de um livro de receitas para diabéticos a de 1917. Você pode ler todo o livro gratuitamente online (https://archive.org/details/diabeticcookeryr00oppeiala).

Na imagem das páginas 12-13, você pode ver um resumo sobre o que os diabéticos devem e não devem comer. Vamos ver primeiro o que os diabéticos não deveriam comer há cem anos.

Alimentos estritamente proibidos:
O título da página é "Alimentos estritamente proibidos". Começa com açúcar e "Farinaceous Foods and Starches", ou seja, farinhas e amidos. Exemplos seguintes:
  • Pão

  • Biscoitos

  • Arroz

  • Massa

  • Bebidas doces

  • etc.

Esses alimentos absolutamente proibidos são agora uma parte da dieta recomendada de acordo com alguns médicos...

Enquanto isso, recebemos mais e mais diabéticos, que precisam de mais e mais drogas e ficam doentes e mais doentes.

Apenas uma coincidência?!?!

Alimentos especialmente valiosos

A lista de alimentos recomendados para diabetes com densidade nutritiva: manteiga, azeite, queijo, carne, peixe, ovos ...

Isso parece familiar. Se nós apenas adicionarmos quantidades generosas de legumes, isso será comida LCHF .

Este é o conselho que os diabéticos receberam há cem anos!!

E quando diabéticos começam a comer dessa maneira hoje, a mesma coisa acontece do passado: os níveis de açúcar no sangue melhoram dramaticamente desde o primeiro dia.

Isso faz todo o sentido, pois evitam comer o que eleva açúcar no sangue!!

A maioria das pessoas com excesso de peso gradualmente perderá uma quantidade substancial de peso e poderá viver com menos medicação.

Então, por que mais pessoas não recebem esse conselho de seus médicos??

Nova ciência

O conselho alimentar dado a diabéticos hoje, que é rico em carboidratos, baseia-se no antigo medo de alimentos gordurosos naturais.

Não há estudos de qualidade que mostrem que uma dieta rica em carboidratos é benéfica.

Quando se trata de dietas mais baixas de carboidratos mais estritas, a LCHF existe até agora apenas estudos científicos limitados. Mas os estudos que foram feitos, mostram que o conselho do tipo LCHF é melhor para açúcar no sangue e peso do que o conselho atual baixo em gordura.

Na Suécia, por exemplo, o Conselho Sueco de Saúde e Bem-Estar publicou as diretrizes para profissionais de saúde, e eles se tornaram receptivos a várias opções em relação a dietas para diabéticos, recomendando agora uma dieta com baixo teor de carboidratos como primeira escolha.

Além disso, já em 2008, o Conselho Sueco de Saúde e Bem-Estar examinou e aprovou pareceres sobre LCHF no sistema de saúde. O conselho sobre a LCHF é, de acordo com a revisão da Junta Sueca de Saúde e Bem-Estar, de acordo com a ciência e o conhecimento comprovado.

Em outras palavras, profissionais de saúde certificados, que dão tal conselho podem sentir-se completamente confiante.

Mesmo a American Diabetic Association (ADA) , desde 2008, aprovaconselhos sobre uma dieta com baixo teor de carboidratos para diabéticos .

Para você não ter mais dúvidas sobre os benefícios de uma dieta baixa em carboidratos para diabéticos, segue abaixo alguns títulos de estudos sobre a relação da alimentação baixa em carbos com a diabetes, bem com os links onde você poderá encontrar tais estudos:
1- "Dieta com baixo teor de carboidratos na diabetes tipo 2: melhoria estável do peso corporal e controle glicêmico durante o acompanhamento de 44 meses "(https://nutritionandmetabolism.biomedcentral.com/articles/10.1186/1743-7075-5-14)
2- "Efeitos a curto prazo de um conselho severo de restrição de carboidratos na diabetes tipo 2 - um ensaio controlado randomizado" (http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1464-5491.2005.01760.x/abstract)
3- "Efeitos a longo prazo de uma dieta que restringe vagamente os carboidratos nos níveis de HbA1c, IMC e redução das sulfonilureias na diabetes tipo 2: estudo de seguimento de 2 anos" (http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0168822707004937)
4- "O efeito de uma dieta de baixo teor de carboidratos e cetogênicos versus uma dieta com baixo índice glicêmico no controle glicêmico no diabetes mellitus tipo 2"(https://nutritionandmetabolism.biomedcentral.com/articles/10.1186/1743-7075-5-36)
5- "Estudo comparativo dos efeitos de uma intervenção dietética de 1 ano de uma dieta com baixo teor de carboidratos versus uma dieta de baixo teor de gordura no controle de peso e glicêmico no diabetes tipo 2" (http://care.diabetesjournals.org/content/32/7/1147.long)
6- "Efeitos de uma dieta de estilo mediterrâneo sobre a necessidade de terapia de drogas anti-hiperglucêmicas em pacientes com diabetes tipo 2 recém-diagnosticada"(http://www.annals.org/cgi/content/abstract/151/5/306)
7- "BMJ Open Diabetes Research and Care 2017: revisão sistemática e meta-análise da restrição alimentar de carboidratos em pacientes com diabetes tipo 2" (http://drc.bmj.com/content/5/1/e000354)

Mas... quem lucra com açúcar perigosamente alto no sangue?

Dentro do sistema de saúde, apesar de todas essas comprovações e estudos dos malefícios que uma alimentação rica em carboidratos traz para diabéticos, eles ainda recebem conselhos sobre alimentos que elevam o açúcar no sangue.

Não é incomum encontrarmos propagandas afirmando que os alimentos que elevam o açúcar no sangue lentamente são bons para diabéticos, como as frutas, arroz, macarrão, batatas e pão!

Por que é bom para os diabéticos comer alimentos que aumentam o açúcar no sangue? Quem se beneficia com isso? Quem está patrocinando todas essas propagandas?

Normalmente é uma empresa farmacêutica que que vende drogas que reduzem os níveis de glicose no sangue.

E então, eles patrocinam propagandas com conselhos dietéticos que aumentam o açúcar no sangue e fazem com que os diabéticos necessitem de mais drogas.

As empresas farmacêuticas estão ganhando mais dinheiro no fornecimento de conselhos dietéticos que tornam os diabéticos mais doentes.

Esta não é uma teoria da conspiração. É apenas economia de mercado simples.

O aconselhamento sobre alimentos ricos em carboidratos, por exemplo, pode fazer um diabético do tipo 2 exigir o início do tratamento com injeções de insulina . Um ano de consumo de insulina pode custar facilmente R$2000 ou mais.

Multiplique este número pelos 422 milhões de diabéticos diagnosticados em todo o mundo e você verá os enormes interesses econômicos nisso.

Torne-se sua própria evidência

Mais e mais pessoas não confiam mais na propaganda da indústria farmacêutica ou em especialistas mal atualizados.

Eles estão tomando o controle de sua própria saúde. Há uma grande mudança em curso que pode levar a um futuro mais saudável para muitas pessoas.

Você está confuso e não sabe o que pensar? Tudo bem!! Existe uma maneira simples de descobrir o efeito que uma dieta com baixo teor de carboidratos terá em você: TENTE!!

Experimente você por algumas semanas e monitore o efeito. Aqui estão alguns exemplos do que você pode esperar:

- Melhora nos níveis de açúcar no sangue, a partir da primeira refeição

-Aumento da saciedade e perda de peso, muitas vezes notável já dentro de uma semana

- Um sistema digestivo mais limpo e sem gás

Nosso conselho é que você assuma o controle de sua própria saúde e teste para si mesmo!

(Leia mais sobre o assunto em : http://www.dietdoctor.com/diabetes)

Traduzido e adaptado do site Diet Doctor - Como Perder Peso?, por Kathlen Lclb

Já faz parte do nosso Grupo no Facebook?? Não?? Então corre lá!!!

https://www.facebook.com/groups/lowcarlifestylebrasil/

Siga-nos no Insta!! https://www.instagram.com/lowcarblifestylebrasil/

#diabetes #lowcarb #alimentaçãosaudável #insulina #glicose #controledediabetes #artigo

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram_2016_icon