O perigo de ser "gordo por dentro"...

Gordura abdominal subcutânea x visceral

Antes de iniciarmos o assunto, é necessário explicar as diferentes gorduras que armazenamos em nosso corpo quando engordamos: A gordura visceral é aquela que fica bem abaixo da superfície, e circunda os órgãos internos. Já a gordura subcutânea fica logo abaixo da pele, são os chamados pneuzinhos.

O excesso das duas é prejudicial à saúde, mas a gordura visceral traz riscos enormes para todos! Isso porque essa gordura é muito ativa e libera substâncias tóxicas prejudiciais na corrente sanguínea. Ela pode causar inflamação e problemas digestivos e , além disso, aumentar o risco de contrair doenças como diabetes, hipertensão, e doenças cardiovasculares.

Não somente os "gordinhos" podem tem gordura visceral alta, há pessoas "magras" por fora, mas que por dentro estão em perigo! Já ouviu falar dos "falsos magros"? São aparentemente magros, mas através de exames como tomografia computadorizada, descobrem que sua gordura visceral está elevada, e por isso, precisam "emagrecer por dentro".

Mas o fato é que, nos gordinhos por fora, a gordura visceral está elevada e precisa ser tratada!! Afinal, um dos sinais clássicos do acúmulo adiposo visceral é a barriga protuberante e cintura grossa, tanto para homens quanto para mulheres: a partir de 101cm de circunferência abdominal em homens, e 90cm em mulheres, já é considerado faixa de risco para doenças como diabetes, hipertensão, doenças cardiovasculares, metabólicas, entre outras.

Então, o que fazer para resolver esse sério problema de saúde??

Em primeiro lugar , se você está acima do peso é necessário EMAGRECER!!

Para diminuir tanto a gordura subcutânea quanto a visceral, é necessário emagrecer, mas não emagrecer a qualquer custo, de qualquer maneira, e sim através de uma dieta alimentar que auxilie sua saúde como um todo, ajude a regular e auxiliar o funcionamento correto da insulina em seu organismo , já que ela é o hormônio responsável por controlar a glicose em seu sangue, e o excesso de glicose pode levar você a contrair diabetes e outros problemas.

Além da alimentação adequada, pode ser recomendado e necessário exercitar-se, já que a musculação, de maneira especial, é uma grande aliada da redução da circunferência abdominal e da melhora na resistência à insulina e síndrome metabólica. Além desses dois fatores, também é preciso cuidar do seu sono e do seu nível de stress no dia a dia.

Mas qual o melhor regime alimentar para quem precisa emagrecer e ao mesmo tempo controlar a glicose sanguínea? A alimentação Low carb!

No post de amanhã, você aprenderá um pouco sobre os principais benefícios de uma alimentação low carb, mas para adiantar , hoje trago para vocês as conclusões de uma pesquisa realizada pelo NCBI (Centro Nacional de Informações Biotecnológicas do Japão) e publicada em maio de 2015, que associa a diminuição da ingestão de carboidratos com a redução da gordura abdominal.

A pesquisa foi realizada por 3 meses com pacientes japoneses não obesos e portadores de diabetes tipo 2, e a conclusão da foi a seguinte: "A gordura visceral, assim como a gordura subcutânea, diminuíram significativamente durante os três meses. A diminuição da ingestão de carboidratos (g / dia) e a % de carboidratos ingeridos foram correlacionados com a diminuição (%) da gordura visceral."

Se você quiser ler os dados da pesquisa, ela se encontra no seguinte link: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25682064

Já faz parte do nosso Grupo no Facebook?? Não?? Então corre lá!!!

https://www.facebook.com/groups/lowcarlifestylebrasil/

Siga-nos no Insta!! https://www.instagram.com/lowcarblifestylebrasil/

#gorduravisceral #lowcarb #emagrecimento #saúde #artigo

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram_2016_icon